Artigos

Aracaju - 13/10/14

A NOVA ECONOMIA DO NORDESTE

A contar do final da segunda guerra mundial, o Nordeste se defrontou com duas oportunidades para realizar transformações de vulto, com potencial de promover uma redução significativa no hiato de desenvolvimento econômico e social que acumulou em relação às regiões mais ricas e construir uma sociedade mais equilibrada socialmente, diminuindo as injustiças abissais com que nos defrontamos todos os dias.

A primeira oportunidade foi na segunda metade dos anos cinquenta quando o presidente Juscelino Kubitschek convocou um grupo de técnicos, Celso Furtado à frente, para dar uma resposta abrangente aos reclamos por uma política de transformação para a região. Celso Furtado já assinalava no final dos anos cinquenta que o Nordeste, pelo tamanho de sua população, era a região de maior pobreza do hemisfério ocidental. O regime político de 1964 extraiu da política de desenvolvimento formulada por Furtado apenas o aspecto modernizador da economia, sufocando as demandas por regaste da situação social.

Autor: Prof. Dr. Ricardo Lacerda

Publicações

Guia de Oportunidades para Investidores

Guia - Serviço de Apoio ao Investidor

Análise da Balança Comercial Sergipana - Setembro 2018

Análise de Balança Comercial Sergipana - Setembro 2018

Parceiros

Boletim Sergipe Econômico

Edição- Junho 2017

A Universidade Federal de Sergipe (UFS) e a Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) sentiram a necessidade de lançar um boletim de indicadores econômicos para subsidiar o debate sobre o desenvolvimento do Estado.
saiba mais

Acompanhe o Sistema FIES nas Redes Sociais

Av. Dr. Carlos Rodrigues da Cruz, 826
Centro Administrativo Dr. Augusto Franco - Edf. Albano Franco - 3° andar
Aracaju/SE - CEP: 49.081-015
Tel. (79) 3226-7418

©2013 NIE. Direitos reservados. Acesso SGW